Este talvez seja o primeiro jogo de luta onde o mocinho pode se apaixonar pelo bandido. Segundo publicação do site Adrenaline, em janeiro de 2014 será lançado "Ultimate Gay Fighter", o "primeiro jogo gay do mundo". Quem divulga na verdade é Michael Patrick, o criador da criatura, no site do próprio jogo. O 'gayme' será compatível ao Android, iOS e Windows Phone.

O jogo segue o estilo de luta de clássicos, como "Mortal Kombat", inclusive tendo o "Gaytality" como golpe especial. A ideia veio durante um café da manhã, no qual Michael, conversando com amigos, percebeu que seria legal incorporar personagens gays nos jogos de luta que ele jogava quando criança. "Eu comecei a pesquisar para ver se existia algum jogo gay, e não existia. Fiquei chocado. Existem milhões e milhões de apps e videogames, mas nenhum representa meus irmãos e irmãs gays", contou Michael.

Na história do jogo, um campeonato entre lutadores LGBT é formado por uma organização chamada LOSRZ, ou "The League of Oppressive Self Righteous Zealots". Eles criaram o torneio com dois objetivos: fazer a comunidade LGBT destruir a si mesma e fazer lavagem cerebral no campeão para atender aos interesses da entidade. Todos os personagens do jogo seguem padrões estereotipados do assunto, abrangendo vários estilos de luta diferentes.

Em julho deste ano, a primeira feira de games para o público gay já havia sido organizada pelo 'gaymer' Matt Conn. Com o lançamento do "Ultimate Gay Fighter", pronto. Formou!

Confira o trailer do jogo:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.