Biografia não autorizada do presidente da Rússia sugere que o governante é homossexual e um homem solitário e traumatizado.


Segundo o jornal Huffington Post, o autor, Stanislav Belkovsky, sugere que Vladimir Putin é um homem assexuado que pode ser secretamente homossexual. Na obra, o governante é retratado ainda como um homem solitário e traumatizado, que evita o contato humano.

O Kremlin veio já desmentir categoricamente a alegada homossexualidade de Putin, garantindo que as acusações feitas por Belkovsky não têm fundamento e “são lixo”, pelo que não se coadunam com o presidente russo.

As alegações acerca da orientação sexual do presidente russo surgem pouco tempo depois de terem entrado em vigor na Rússia uma série de leis ‘anti-gays’, como a proibição de propaganda gay. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.