Apesar das queixas dos "representantes" da família brasileira, a campanha apenas mostrava casais de diferentes orientações sexuais trocando presentes no Dia dos Namorados.


Foi um boom nas redes sociais quando a campanha de Dia dos Namorados de O Boticário foi ao ar. Protestos com promessas de boicote, opiniões divididas e até memes no entanto não fizeram o anunciante retroceder. O comercial permaneceu no ar até a data prevista e, veja só, levou nesta segunda-feira (19) o Grand Effie, prêmio máximo do Effie Wards Brasil 2015.

Na ocasião, a empresa divulgou que "acredita na beleza das relações" e que "valoriza a tolerância e respeita a diversidade de escolhas e pontos de vista. O Boticário explicou que a intenção é "abordar, com respeito e sensibilidade, a ressonância atual sobre as mais diferentes formas de amor - independentemente de idade, raça, gênero ou orientação sexual - representadas pelo prazer em presentear a pessoa amada no Dia dos Namorados"”.


Não querendo cair no lugar comum, mas caindo, é inevitável dizer que não havia mulheres ou homens de roupas íntimas rebolando até o chão, nem bumbum fazendo quadradinho de oito na cara do cameraman ou das famílias brasileiras. Mas o que é uma bunda atolada comparada a um casal gay, vestido, trocando presentes e abraços carinhosos no dias dos namorados? No Brasil, nada.

Para quem ainda não sabia, a discussão chegou às vias de fato. Um processo foi movido pelo Conar - Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária - por suposto "desrespeito à família brasileira", por causa das centenas de reclamações enviadas por consumidores. Em julho, a marca foi absolvida, o processo arquivado e agora recebeu o merecido prêmio.


Segundo a organização do prêmio, o júri do Effie escolheu a campanha como grande vencedora, por unanimidade, pela coragem do anunciante em tocar em um tema delicado, e não voltar atrás após postagens contrárias nas redes sociais.

Abaixo, o vídeo.

Curta a nossa fanpage no Facebook



Via G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.