No mês passado, o grupo One Million Moms (1MM), organização afiliada à Associação Norte-Americana de Famílias, lançou um ataque antigay à família de Rob e Reece Scheer e atingiu em cheio uma das filhas adotadas do casal, Amaya, de 11 anos. O contra-ataque veio a galope. 


A revolta do grupo 1MM é porque Amaya foi capa e conteúdo da revista American Girl, compondo um artigo intitulado "Family Forever" [Família para Sempre].

O convite da revista se deu pelo fato de Rob e Reece, pais de Amaya e de mais três crianças, Makai, Greyson e Tristan, term criado a ONG Comfort Cases, que auxilia crianças órfãs quando chegam aos orfanatos - Rob perdeu os pais aos 10 anos e morou em orfanatos e nas ruas até os 17 anos, quando foi aceito pelo exército e lá fez carreira.


No kit, as crianças recebem uma mochila contendo itens básicos como pijamas, cobertores, pentes e escovas de cabelo, pastas e escovas de dentes e bichos de pelúcia.

“Eu quero ter certeza de que nenhuma criança tenha que carregar um saco de lixo para carregar suas coisas“, explicou Rob.


Segundo o grupo 1MM, a revista não deveria ter publicado a matéria com Amaya porque ela tem dois pais homossexuais.

"A American Girl está tentando tirar a sensibilidade de nossos jovens, apresentando uma família com dois pais. Devemos permanecer alertas e louvar os valores bíblicos e a verdade. A Escritura diz várias vezes que a homossexualidade é um erro. Deus não tolera essa natureza pecaminosa. E a revista não destaca os pecados em sua matéria", escreveu o grupo ao lado de um apelo para que as pessoas boicotem Mattel [a editora] até esta se posicionar.

Amaya, que viveu em orfanato até ser adotada por Rob e Reece Scheer, chamada pelo programa "Good Day DC" para opinar sobre a controvérsia, deixou claro o que o grupo Um Milhão de Mães deve fazer com o seu fanatismo: "Eu diria a elas para não se meterem nisso, pois não é da conta delas".

E não é mesmo. Afinal quem paga essa conta?


Rob sugeriu ao grupo mudar o foco.

"Esta é a nossa família e para nós é perfeita", disse. "E quer saber de uma coisa? Temos quatro crianças incríveis que adotamos de um orfanato. Elas completam nossas vidas de uma forma que jamais imaginamos. E para o Milhão de Mães eu digo: Voltem para sua agência e prestem assistência social a crianças que realmente necessitam. Não se preocupem com a família Scheer porque não precisamos de sua ajuda."


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.