A pintura é um protesto contra as leis britânicas que proíbem homens gays de doar sangue.


O retrato de Alan Turing, cientista da computação pioneiro e herói de guerra britânico, foi feita a partir de centenas de frascos de sangue, todos doados por homens gays - sobre Alan Turing, clique aqui.

A pintura foi encomendada para uma campanha do grupo FreedomToDonate, que exibiu o quadro em um evento na recepção do Palácio de Westminster, conhecido como House of Parliaments britânico (Casas do Parlamento).

O  artista Conor Collins revelou ao BuzzFeed News que quase todo o sangue é de profissionais médicos que estão proibidos de doar sangue, por causa de sua sexualidade. 

Conor Collins (à esquerda) com o médico-doador, Dr. Christian Jessen, exibe a pintura na Câmaras do Paralmento.

"Com a exceção de uma pessoa, todo o sangue na pintura é de clínicos gerais, cirurgiões e enfermeiros. Um deles é cirurgião de coração a quem você literalmente confia se precisar abrir o seu coração para se manter vivo. Ainda assim, aparentemente, de acordo com a lei, essa pessoa não é confiável para doar sangue. Foi surpreendentemente fácil obter o sangue. Quando eu começava a explicar sobre a relação entre a obra e o protesto, eles instantaneamente se prontificavam a ajudar."

Atualmente, na Inglaterra, País de Gales e Escócia, homens gays estão proibidos de doar sangue, a menos que se abstenha da prática sexual durante doze meses. Na Irlanda do Norte, há também a proibição.

Alan Turing por Conor Collins


Um comentário:

  1. No Brasil é assim também: 12 meses sem sexo com homens para gays e/ou bissexuais doarem. E não importa se vc está casado. Para uma pessoa que está num casamento heterossexual não existe essa exigência...

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.