Angus Malcolm / Warwick Rowers Media
A ideia é abrir mentes e divertir. Uma tentativa de acabar com os estereótipos de masculinidade nos esportes e deixar claro que héteros podem demonstrar afeto e intimidade uns com os outros.

O calendário Remadores de Warwick começou em 2009 e a meta era arrecadar fundos para comprar equipamentos, mas o projeto ganhou muitos fãs gays. Atualmente, o dinheiro da venda é destinado à Sport Allies, entidade britânica que combate a homofobia no esporte.

A edição de 2016 é a mais ousada, mas sem nu frontal. Mostra os atletas completamente nus brincando na cama, no mato e numa mansão bem ao estilo inglês. O fotógrafo Angus Malcolm a define como "orgânica". 


“Muitos dos problemas relacionados à homofobia no esporte vêm das normas de gênero... as pessoas dizendo o que é ser homem ou ser mulher”, disse ao The Huffington Post o atleta Edward, que aparece no calendário pela segunda vez.

“Não queremos que o esporte nos coloque numa caixinha denominada como o homem deve ser". 

“Conhecemos nosso público, sabemos quais são nossos limites e sabemos o que estamos tentando conquistar”, disse Edwards. “Jamais tentaríamos fazer algo que fosse considerado pornografia.”


“No primeiro minuto, você pensa: ‘OK, isso é esquisito’”, disse Johnson, que aparece no calendário pela primeira vez. “Mas depois fica normal e é engraçado.”

“Todos nós ganhamos muito com o esporte”, disse Etienne. “É injusta a ideia de que uma pessoa gay não possa ter esse tipo de privilégio.”

Confira o vídeo e mais imagens abaixo.













Imagens: Teaser

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.