Ao ouvir Aretha Franklin cantar, o mundo para. É praticamente uma hipnotizadora.


São muitos e diversificados prêmios, títulos e apelidos que Aretha Franklin recebeu ao longo da carreira - em números, é a segunda maior no Grammy. A revista Rolling Stone a considerou a maior cantora de todos os tempos. Divíssima.
"Você sabe quando vê uma força dos céus, sabe quando é algo feito por Deus. E Aretha é um presente Dele. Quando o assunto é se expressar através da música, não há ninguém que a alcance. Ela é a razão por que as mulheres querem cantar" (Mary J. Blige ).
Franklin continua em plena forma vocal aos 74. No último Kennedy Center Honors, dezembro de 2015, noite que homenageia figuras de diversas áreas culturais, o momento mais representativo foi quando Aretha subiu ao palco, sentou-se ao piano e soltou os pulmões para cantar (e tocar) “(You Make Me Feel Like) A Natural Woman“.


Barack Obama chorou. Carole King, uma das homenageadas da noite e autora da canção, ficou notoriamente extasiada.

Além da grande apresentação acima, vale a pena conferir outra performance da cantora: "I Say A Little Prayer", 1970, aos 26 anos de idade. Show.


Um comentário:

  1. Aretha é uma diva achoque até antes da palavra existir... se bem que eu me lembro da Dionne... da Ella, da BIllie... xi! tem muita diva na musica negra americana! e eu adoro todas! obrigado por compartilhar, alegrou meu dia!

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.