Nova pesquisa mostra que um em cada quatro homens gays contrai DST enquanto mantém relacionamento homoafetivo.

Uma revista norte-americana que aborda a saúde do homem gay entrevistou mais de mil pessoas e descobriu que 23% dos questionados contraíram alguma doença sexualmente transmissível durante um relacionamento amoroso. 

Clamídia e Gonorreia são as mais citadas

A DST mais comum em todo o mundo é a clamídia e não foi diferente nesse estudo: 38% dos casos. 

É uma doença silenciosa que pode afetar homens e mulheres. É causada pela bactéria Chlamydia trachomatis e pode ser transmitida via contato sexual anal, oral ou vaginal e pode também ser passada de mãe para filho durante a gravidez.

O tratamento é considerado fácil, se receber a devida atenção.  

A gonorreia quase empatou com Clamídia: 36% dos pesquisados.

HIV

O estudo apontou o percentual de 14% para os que afirmam ter contraído HIV durante o relacionamento amoroso e, destes, 44% dizem que foram contaminados pelo parceiro.

Camisinha

Quase metade das pessoas pesquisadas (41%) disseram não usar preservativo com seus parceiros. Em geral, as estatísticas mais recentes revelam um declínio acentuado nas novas infecções pelo HIV.

A pesquisa também descobriu que a má comunicação é a principal razão para o rompimento dos relacionamentos homoafetivos.

Ian Howley, CEO da revista, disse: "Fica claro, a partir dessa pesquisa, que os homens gays não dispõem de informações básicas sobre sexo e educação de relacionamento que muitos heterossexuais recebem".
"Nós crescemos em um mundo heterossexual onde as relações entre pessoas do mesmo sexo não são uma rotina diária. Nós não recebemos uma orientação adequada quando somos adolescentes gays, de como formar relacionamentos estáveis ​​e saudáveis ​​com alguém do mesmo sexo. Dessa forma, muitos entram cegos nos primeiros relacionamentos, incapazes de lidar com as dificuldades que alguns relacionamentos podem trazer. Nossa incapacidade de comunicar se transforma em frustração e a frustração em ruptura do relacionamento", concluiu Howley.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.