Pela primeira vez na Indonésia, de acordo com o delegado de polícia [das leis] Sharia, casal gay é preso e pode receber 100 chibatadas cada um se forem ambos considerados culpados por sexo gay. 

Os rapazes, de 23 e 20 anos, foram presos no dia 29 de março na capital provincial, Banda Aceh, depois que um vizinho os denunciou à polícia. Eles "confessaram" ser um casal depois que um vídeo foi postado na internet pelo vizinho delator.

A filmagem mostra um dos homens nu e visivelmente angustiado pedindo ajuda em seu telefone, enquanto seu parceiro é repetidamente empurrado por outro homem que impede o casal de sair da sala.

Aceh é a única província muçulmana da Indonésia a praticar a lei Sharia, uma concessão feita pelo governo em 2006.

Metro
O site Metro informou que um código da lei Sharia foi implementado há dois anos e nele consta a permissão de até 100 chicotadas para quem ofender a moralidade, o que inclui o sexo gay.

As penas com chibatadas ocorrem por muitas razões. São também aplicadas em indivíduos que cometem adultério, jogos de azar, bebidas alcoólicas, mulheres que usam roupas apertadas e homens que ignoram as orações de sexta-feira. 

Teremos de esperar para ver se esses dois homens serão condenados. Além de 100 chibatadas, as pessoas capturadas tendo relações sexuais com alguém do mesmo sexo serão multadas em até um quilograma de ouro (cerca de R$ 95.000) e podem cumprir pena  em prisão por por até 100 meses.

A homossexualidade não é ilegal na Indonésia, mas uma revisão judicial está sendo considerada pelo Tribunal Constitucional para criminalizar o sexo fora do casamento e a prática homossexual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.