Performance de Bharatanatyam (dança clássica da Índia) dá uma visão da trajetória de uma mulher trans. 

A bailarina Aarthy Sundar interpreta, através da dança, uma mulher trans que foi rejeitada no passado pela sociedade, pela própria família e por ela mesma quando era incapaz de olhar para o seu próprio reflexo no espelho.

Após a transição, passando por uma mudança física e emocional, ela finalmente é capaz de afastar o sudário e ser feliz com seu o reflexo.


A dança Bharatanatyam é caracterizada por linhas geometricamente perfeitas, por voltas e saltos e batidas dos pés que marcam ritmos complexos. À técnica pura e esotérica, acrescenta-se o abhinaya: expressões do rosto e olhos, acompanhadas por mudrás (gestos das mãos) e yantras (posturas do corpo), cujo significado nos permite fantasiar sobre ele.

Assista ao vídeo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.