Campanha estadual "Rio Grande Sem Homofobia" (RS), de 2013.
Há pelo menos seis anos o governo não investia em publicidade contra a homofobia no país.

O site O Globo divulgou na última quinta-feira (4/5) que o governo federal liberou a quantia de R$ 1,5 milhão para uma campanha contra a homofobia. 

A secretária Nacional de Direitos Humanos, Flavia Piovensan, comemorou e disse que os recursos serão aplicados no segundo semestre. 

— A ideia é que lancemos no segundo semestre um pacto pela diversidade sexual e o combate a homofobia — disse ela, que afirma ainda não ter muitos detalhes de como será a campanha. – Está garantida a verba da Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social), agora podemos sonhar.

Paola Oliveira na campanha da CEDS (RJ) de 2015
Ainda segundo o Globo, o governo de Dilma Rousseff suspendeu algumas das campanhas contra homofobia por pressão da Bancada Evangélica do Congresso. Muitos deputados ligados a movimentos religiosos diziam que a campanha da administração da então presidente “incentivava o homossexualismo”.

A última campanha federal contra a homofobia foi em 2011, estrelada pelos atores Rodrigo Andrade e Marcos Damigo que na época viveram o casal gay da novela "Insensato Coração", formado pelos personagens Eduardo e Hugo, respectivamente. Assista.


Veja a seguir mais alguns vídeos de campanhas brasileiras (regionais) e internacionais contra homofobia.

CEDS-RJ (2015)



Portugal (2007)



Campanha produzida pelo Movimento Espírito Lilás - MEL - Paraíba (2014)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.