Se não fosse uma série de eventos extremamente afortunados, o casal de namorados Lee Stewart e Jules Ng podia ter sido morto no incêndio em Londres.

A polícia londrina elevou, neste sábado, para 58 o número de mortos no incêndio que destruiu inteiro o Grenfell Tower, um prédio residencial. 

Jules, de 30 anos, perdeu praticamente tudo o que possuía, mas podia ser bem pior. "Eu estava a trabalho em Crawley, hospedado em um hotel na noite do incêndio", disse ao site Pinknews.

Adrian Dennis/ AFP
"Meu namorado era para estar em Londres, mas porque era seu aniversário, ele tirou o dia de folga e passou a noite aqui comigo. Graças a Deus ele fez isso."

"Com toda a probabilidade, ele estaria no apartamento no momento do incêndio e não suportaria pensar o que teria acontecido".

O casal, que está junto há seis meses, se mudou para a Torre Grenfell há menos de quinze dias após passar por diferentes propriedades. Jules, consultor de gestão, disse que ele e Lee, de 28 anos, estavam esperando se estabelecer. 
"Por volta das 3 da manhã, ouvimos o celular tocar", lembrou. "Era nosso senhorio querendo saber se estávamos bem. Ele estava muito preocupado."
"Eu estava em completo choque. A primeira coisa que fiz foi ver o que estava acontecendo no meu celular. Lá estava o meu edifício inteiro em chamas. Era inacreditável, horrível", revelou Jules.

"Havia pessoas lá, obviamente, mas era a nossa casa onde estavam todas as nossas coisas que acabáramos de levar para lá".

Daniel Leal-Olivas/AFP Photo
Apesar do horror de ver sua casa envolta em chamas, Jules disse que se sente afortunado: "Definitivamente me sinto sortudo e muito feliz por estar vivo e seguro. É um presente do destino estarmos aqui, eu e meu namorado, sãos e salvos".

Um amigo do casal, Kwok Law, criou uma página no site "JustGiving" para ajudá-los a substituir as roupas, móveis e outros bens materiais que perderam no fogo.

A página levantou, até o momento da publicação desta postagem, £8,150 (cerca de R$ 34.230,00). Jules se diz surpreso: "já é mais do que esperávamos" - um simples compartilhamento no Facebook já possibilita £10 (R$42,00) ao casal.

"Vendo estranhos doando é tão gentil e nos ajuda a colocar a fé de volta na humanidade".

Casal celebra em restaurante. Por causa do aniversário, Lee (à direita) viajou para outra cidade onde estava Jules. Ambos foram desviados de onde poderiam ter morrido.
Jules disse que ele e Lee, um engenheiro de TI, receberam amigos e inúmeras ofertas de lugares para ficar hospedados após acabarem os dias no hotel que a empresa pagou.

Adrian Dennis/ AFP



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.